22 de abr de 2008

Temperamentos Humanos - Capítulo 5

Mistérios Revelados

Temperamentos Humanos - Capítulo 5

"Se você acha que pode... você está certo”.
"Mas, se você acha que não pode... você também está certo”.

Melancólico - É muito impaciente, muitas vezes instável e se descontrola com facilidade. Por outro lado tem a força de vontade dominada pelo intelecto; sente em excesso a matéria de seu corpo, sendo com isso, também em estados saudáveis, acometidos de dores. O corpo é de alguma forma mais denso (elemento terra) em sua substância, sucedendo então como se a pessoa constantemente, embora de leve, percebesse isso. A matéria de que se constitui é difícil de ser permeada por seu ser, e isto ocasiona sua elevada sensibilidade à dor. Predominância de pensamentos fixos e ruminantes.

CARACTERÍSTICAS

Tipo físico - Tipo magro, alto, ossudo, arqueado para frente e para o lado, o rosto revela certa finura de traços e um perfil com sinuosidades abundante. Seu perfil denota rapidez em seus movimentos, agudeza de espírito, sensibilidade alerta, inquietação e uma curiosidade ativa, um modo de realizar com tendência a improvisação. Pescoço comprido e fino, possui um crânio bulboso e um queixo pontiagudo. Quase sempre seu rosto é pequeno, nariz estreito, lábios bem finos e voltados para dentro. São propensos a tiques e possuem o tórax estreito. Olhar caido e triste, mão nos bolsos ou para trás, pés para dentro e andar arrastado.

Personalidade - Caracteriza-se pelo comportamento irritável, impressionável, inquieto, crítico, receptivo e subjetivo, além de versátil. É curioso e indagador, mas inconstante em suas ações. Como é muito susceptível, se ofende com facilidade, pois se acha muito importante. Vive reprimindo seus sentimentos. Tranca-se em si por medo, e normalmente prefere receber a doar. Podem ser propensos à inveja e ao ciúme. Sua manifestação da sensualidade pode ser reprimida ou recalcada. Possui uma inteligência viva, tem imaginação criativa, espírito complicado, é confuso no plano emocional e sujeito a excessos. É bravo, emotivo, inconstante, caprichoso, desconfiado e tímido. Exagera nas manifestações afetivas, e sua força e vontade oscila entre altos e baixos. Tem dificuldade para perdoar as ofensas, podendo ser vingativo e rancoroso. Não tolera críticas e tem freqüente sentimento de inferioridade. Procura impressionar com notícias inesperadas, para chamar a atenção. Rebela-se contra o ambiente e sente-se inadaptado ao mundo. Tem tendência à úlcera, pois é pessoa que geralmente "guarda" ressentimentos e mágoas. Caráter introvertido e destituído de humor

Profissional - Tem aptidão para tarefas detalhistas, minuciosas ou de improvisação rápida, tem bastante intuição. Gosta de "surpreender" os que o rodeiam. Maneja com habilidade objetos finos e delicados. Não se adapta a tarefas que exijam automatismo, seja motriz ou mental. Se a tarefa exigir continuidade fazem-na, mas caso venha a se cansar - pois a monotonia o aborrece - necessita movimentar-se constantemente. Tem necessidade da presença dos outros para atuar. Tem o espírito complicado, vai por atalhos e não pelo caminho reto. Trabalha em ritmo desigual, é mais mental do que afetivo, tem reações vivas e rápidas. O tônus vital é fraco, pois descarrega a emotividade sob seus próprios nervos. São ótimos jogadores de xadrez. Como chefe é muito impaciente, muitas vezes instável e se descontrola com facilidade. Quando ele fica com raiva de uma pessoa, perde a perspectiva com relação às qualidades desta pessoa. Sua função psíquica principal é sentir e intuir, raramente perceber. É emotivo de pensamento intuitivo, secundário e introvertido. Apto para a área financeira, computação, enfermeiro, dentista, advogado, copeiro, historiador, escritor, pintor.

Motivação - Devemos utilizar argumentos que mostrem novidades. Dar-lhe dados que podem constituir uma surpresa. Gosta de escolher o insólito, o novo, o inesperado, aquilo que ninguém tem. Deve-se satisfazer seu afã pela curiosidade.

Criança - É instável, muda continuamente de humor e conseqüentemente tem dificuldade para concentrar-se. Tem necessidade de afeto, e é necessário dar-lhe muito carinho para que a sua insegurança seja amenizada e não se torne constante. Frente a uma angústia não come, perde o apetite. Vive um pouco fora da realidade, imersa nos seus sonhos e fantasias. É ciumenta e inclinada a rivalidades com os irmãos. Como conseqüência de sua timidez costuma mentir um pouco. Sofre por não poder se destacar como gostaria. Como é muito impressionável fica mais segura e feliz em ambientes que lhe proporcionem essa segurança. Como é contraditória, às vezes sente-se desconsertada e quando menos se espera começa a chorar. Em geral é boa aluna, principalmente quando os educadores sabem compreender sua sensibilidade. Faltam vontade e constância. É muito curiosa o que a estimula ao conhecimento e descobrimento das coisas.



continua o assunto no próximo post Temperamentos Humanos - Capítulo 6

0 comentários:

Adhemar Ramos

Busca Bing
14/12/1942 - 04/02/2012
Até o seu último momento, formou livres pensadores ajudando no despertar de consciência da Obra do Eterno na Face da Terra "PAX". Estudioso de muitos anos sobre assuntos esotéricos. Membro da Sociedade Brasileira de Eubiose, instrutor e orientador nas escolas de iniciação eubiótica, divulgador de conhecimentos iniciáticos através de jornais, revistas, rádio, televisão e também através de palestras, cursos e workshop. Este conhecimento procurou divulgar através dos seus programas da Radio Mundial FM 95,7, onde abordava diversos temas esotéricos, deixando um legado de extremo valor.